Sou expert em dormir, comer e reclamar. Sou o rei da ironia, da frieza e da brutalidade. Domino a arte de não fazer absolutamente nada. Sou tão desastrado que caio até em superfícies planas. Choro por besteira e ainda assisto desenhos infantis. Mas quer saber? É meu jeito de ser, e não mudo por ninguém. Prefiro ser taxado de “estranho” do que de “normal”.

eu moro no trem que corre devagar
e morro dentro do tempo que passa as vezes rápido demais [ás vezes]

ps.: eu contei suas pintas dentro de uma imaginação medíocre de ”como seria se realmente você se transformasse na constelação que é pra mim, como seria se percebesse o quanto com pintas ou…

Saudades cura com 3 doses de tequila.